O país mais perigoso do mundo para os jornalistas

Em 2012, a Síria tornou-se o local mais perigoso do mundo para um jornalista. Ao todo, 28 repórteres morreram enquanto tentavam relatar a guerra entre as forças de Bashar al Assad e os rebeldes. Ao contrário do que aconteceu no Iraque e no Afeganistão, onde os jornalistas viajaram em colunas militares e ficaram alojados em hotéis de quatro e cinco estrelas enquando decorriam os bombardeamentos das forças ocidentais, na Síria os correspondentes entram no país clandestinamente, andam a cavalo, arrastam-se por túneis e através de vedações de arame farpado, não usam os telefones satélite com medo de serem detectados pelas forças do regime. O último número da American Journalism Review inclui um artigo brilhante que descreve a actuação de inúmeros repórteres e a coragem que têm demonstrado para contar ao mundo as atrocidades que todos os dias são cometidas na Síria. Começa assim:

“To enter Syria, CBS News foreign correspondent Clarissa Ward has squeezed through holes in fences, waded across canals and slogged through muddy fields in the middle of the night, paying smugglers to help her sneak past government checkpoints.

Once inside, she works under the radar, dependent on ragtag bands of rebel fighters for food, shelter and safety. For locals caught helping a foreign journalist, “It would mean certain death,” says Ward, who speaks “passable” Arabic and has been inside Syria six times in the past year.

These circuitous routes have become commonplace over the past 20 months because President Bashar al-Assad’s government heavily restricts reporting in the war-torn country and issues visas sparingly to journalists.

They operate illegally and hope to avoid run-ins with Syria’s heavy-handed security forces. This enter-at-your-own-risk strategy and the indiscriminate violence sweeping the country have taken a terrible toll.”

SYRIA-CONFLICT-AFP CAMERAMAN-VIDEO-PRESS

2 thoughts on “O país mais perigoso do mundo para os jornalistas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s