Prova de cultura geral para candidatos a diplomatas, parte dois

No sábado, realizou-se na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa a repetição da prova de cultura geral do concurso de ingresso na carreira diplomática. Mais uma vez o exame era de escolha múltipla. O que aconteceu na prova anulada ainda não está bem esclarecido. Mas em todo o caso ficam aqui a maioria das questões colocadas – e das opções de resposta. Obrigado a quem teve o trabalho de as fazer chegar a O Informador. Se alguém quiser completá-las, faça o favor.

Actualização: Algumas questões já foram corrigidas, uma série de respostas foram acrescentadas e duas das 13 perguntas que faltavam foram inseridas na lista. Muito obrigado aos leitores que se deram ao trabalho de as enviar.

1. Quem é o autor do álbum: “Venham mais cinco”?
José Afonso, José Mário Branco, Sérgio Godinho, Adriano Correia de Oliveira

2. Quem é que decidiu abandonar a última possessão portuguesa no Norte de África, Mazagão? D. João III, D. Afonso IV, D Maria II, Marquês de Pombal

3. Em que disciplina se especializou o cientista Mário Ruivo?
Agro-florestais, assuntos do mar, patentes industriais, informática

4. De que nacionalidade era o pintor Malagantana?
Angolano, moçambicano, cabo-verdiano, guineense

5. qual destes quatro não foi assassinado na “noite sangrenta”?
António Granjo, José Carlos da Maia, Brito Camacho, outro.

6. Em que ano é que de Gaulle decidiu abandonar a NATO?
1959, 1961, 1966, 1968

7. Com que chanceler alemão é que Mário Soares se encontrou, em Bona, em 1974?
Helmut Schmidt, Willy Brandt, Ludwig Erhard, Kurt Kiesinger

8. Qual foi o diferendo de fronteiras entre 2 países com mediação do Papa João Paulo II?
Entre Argentina e Brasil, Argentina e Chile, Brasil e Paraguai, Chile e Peru

9. Em qual dos seguintes anos é que Portugal não assumiu a presidência rotativa da U.E.?
1992, 1999, 2000, 2007

10. Em que cidade é que Almeida Garret esteve colocado como diplomata?
Paris, Londres, Bruxelas, Haia

11. Quem é que compôs a“1ª Suite Alentejana”?
Lopes Graça, Luís de Freitas Branco, Viana da Mota, Joly Braga Santos

12. Quantos mandatos de presidente exerceu Franklin D. Roosevelt?

1, 2, 3, 4

13. O abade Correia da Serra tinha um quarto reservado na residência de que presidente americano?
John Adams, George Washington, Thomas Jefferson, James Madison

14. Segundo o Tratado de Lisboa, a legislação ordinária passou a ser fruto de co-decisão de que duas instituições?
Parlamento Europeu e Conselho, Conselho Europeu e Parlamento Europeu,
Conselho Eurpeu e Comissão Europeia, Parlamento Europeu e Comissão Europeia

15. Qual dos seguintes nomes não é uma Bolsa de Valores Asiática?
Nikkei, Kospi, Hang Seng,  Dim Sum
16. José Craveirinha, é um escritor de que nacionalidade?
angolano, moçambicano, timorense, cabo-verdiano

17. Gregório Lopes, Cristóvão de Figueiredo, Vasco Fernandes, eram o quê?
Navegadores, escritores, pintores ou cientistas

18. Com quem é que Antero de Quental travou um duelo de espada na questão coimbrã?

Ramalho Ortigão, Feliciano de Castilho, Almada Negreiros, outro

19. Em 2010 para que países Portugal exportou mais?
França e Espanha, França e Alemanha, Espanha e Alemanha, Alemanha e Reino Unido

20. Que rei travou a batalha do Salado?

D. Dinis, D. Pedro I, D. Afonso IV, D. Fernando?

21. A planta welwitschia mirabilis é originária do deserto do sudoeste de que país?
Angola, Argélia, Egipto, Argentina

22. O que são as portas de ródão?
Portas da Fortaleza de Almeida, formação geológica do Vale do Tejo, outras 2

23. A personagem principal de “Utopia” de Thomas More, Rafael Hitlodeu, tinha que nacionalidade?
Genovés, catalão, português ou castelhano

24. Em que cidade foi declarado o II Reich alemão?
Berlim, Kiel, Munique, Versalhes

25. Em que guerra foram pela primeira vez utilizados submarinos?
Guerra da crimeia, I guerra mundial, II guerra mundial,  guerra civil americana

26. Como era classicamente denominado o Direito internacional público?
Direito dos soberanos, direito das gentes, direito dos estados, outro

27. Quem é que propôs na Sociedade das Nações um projecto federador da Europa?
Léon Blum, Aristide Briand, outros 2

28. Qual dos seguintes rios não é internacional?
Minho, Sado, Tejo, Guadiana

29. Em que ano se travou a Guerra do Yom Kippur?
1958, 1962, 1966, 1973

30. Qual das seguintes obras não é de Leonardo da Vinci?
Mona lisa, a virgem dos rochedos, a última ceia,  o nascimento da Vénus

31. Em que ano é que Adriano Moreira, ministro do Ultramar, revogou o Estatuto Estatuto do Indigenato?
1961, 1968, 1970, outro

32. Entre 2000 e 2010 quanto é que cresceu o PIB per capita de Portugal?

820 euros, 1500 euros, 2300 euros, 3700 euros (valores aproximados)

33.  Em que guerra é que os alemães fizeram aprovar o “Plano Schlieffen”?
guerra Prússia-Áustria, guerra franco-prussiana, I guerra mundial, II guerra mundial

34. 4 nomes (entre os quais Machado de Assis), escolher 1 que tenha defendido a independência do brasil…

35. Quem fez parte do movimento do integralismo lusitano e defendeu a “união ibérica”?
Almeida Garrett, Oliveira Martins, Alexandre Herculano, António Sardinha

36. Egas Moniz ganhou o Nobel por causa de que avanço da medicina?
Angiografia cerebral,  alergologia, imunologia, outro

37. Qual dos seguintes países não foi fundador da EFTA?
Finlândia, Noruega, Reino Unido, Portugal

38. Quem escreveu a obra “Luuanda”..
José Eduardo Agualusa, Mia Couto, Ondjaki, José Luandino Vieira

39. “Eu quero amar, amar perdidamente…” é é um verso de…
Sophia de Mello Breyner, Natália Correia, Florbela Espanca, outro

40. Qual dos seguintes países não se localiza no corno de África?
Eritreia, Somália, Etiópia, Mauritânia

41. Quem compôs a “Sagração da Primavera”?
Stravinsky e outros 3

42. Siza Vieira em 1992 ganhou que prémio?
prémio príncipe das astúrias, pritzker, nobel, outro

43. Qual a nacionalidade do cirurgião que realizou o primeiro transplante cardíaco Christian Barnard?

Britânico, Sul-africano, Americano, alemão

44. Maria Helena Vieira da Silva, durante a II Guerra, viveu em:
Portugal, França, Brasil, EUA
45. Quem era o presidente dos EUA quando George F. Kennan delineou a estratégia de contenção?
Dwight Eisenhower, Franklin D. Roosevelt, John Kennedy, Harry Truman

46. Qual era o economista cuja teoria se tornou célebre depois da Grande Depressão:
Hayek, Keynes, outros 2

47. Em que cidade foi redigida a Constituição dos EUA?
Washington, Nova Iorque, Filadélfia, Boston

48. Onde fica o Palácio de Carrancas?
Roma, Sevilha, Porto, Lisboa

49. Que instituição da UE é que reúne os chefes de Estado e de Governo dos países-membros?
Conselho, Conselho da Europa, Conselho Europeu, outro

50. Robert Schuman foi ministro dos negócios estrangeiros de que país?
RFA, Luxemburgo, França, Bélgica

51. Vo Nguyen Giap era um general de:
Camboja, Vietname do Norte, Tailândia, outro

52. João Garcia ficou famoso por escalar as montanhas:
Atlas, Alpes, Himalaias, outro

53. “Nascer em Portugal; morrer no mundo” é uma frase de quem?

54. A pintura “o fado” é de quem?

José Malhoa, Henrique Pousão, Silva Porto, outra

55. D. Carlos destacou-se como estudioso de que ciência?

Oceanografia, Entomologia, outras 2

56. Em que cidade é que um agente de Estaline matou Trotsky?

Buenos Aires, Montevideo, Cidade do México, Lima

57.  A “blitzkrieg” utilizava uma táctica miliar assente em?

Infantaria, Cavalaria, Blindados e maquinaria pesada, outro

58. Em que ano é que se realizou a Conferência de Bandung?

1955, 1973, outras duas

59.  O Tratado de Roma criou que organizações?

CEE e EURATOM, CECA, CED, CED e EURATOM

60. Que presidente americano propôs os “14 pontos” num célebre discurso?

Woodrow Wilson, Theodore Roosevelt, outros 2

61. Mistral, scirocco, foehn, são:
Modelos de automóveis, ventos, outros 2

62. Com quem é que o português (???) debateu o conceito de “Mare Clausum”?
Francis Bacon, Thomas Hobbes, Hugo Grotius, outro

63. Qual destas obras foi escrita por Eduardo Lourenço?
Aparição, A Missão, O Labirinto da Saudade, A Selva

64. Qual era o estilo de música de Cesária Évora?
fado, lundum, morna, samba

65. Em que ano chumbou o Parlamento francês a proposta de criação da Comunidade Europeia de Defesa? 1954, outras 3 datas próximas

66. Em que prisão esteve preso Nelson Mandela?

Robben Island, outras três

67. Em que ano Churchill anunciou perante o Parlamento o acordo sobre a utilização de bases nos Açores?
1941, 42, 43, 44?

68. Qual dos seguintes é um combustível fóssil não-convencional?
Petróleo, gás natural, gás de xisto, carvão mineral

69. Quem é que referiu pela primeira vez a existência de Atlântida?

Platão, outros três

70.  Quem inventou o conceito do “big brother”?

Aldous Huxley, H.G.Wells, George Orwell, outro

71. Onde é que era cônsul Aristides de Sousa Mendes durante a II Guerra?

Paris, Bordéus, outras 2

72. Para que cargo foi eleito Freitas do Amaral em 1995?
Presidente da Assembleia Geral da ONU, presidente do Conselho de Segurança da ONU, Secretário-Geral da ONU, outro

73. O alto representante da união para os negócios estrangeiros e a política de segurança não está integrado em qual das seguintes quatro instituições:
Conselho Europeu, Comissão Europeia, Parlamento Europeu, Conselho dos Negócios Estrangeiros

74. Afonso de Albuquerque distinguiu-se por inovações em que  área militar? Cavalaria, Infantaria, Naval, outra

75. Que lago banha a cidade de Chicago?
Michigan, Ontario, Victoria, outro

76. Em que cidade se desenrola Ulisses de James Joyce?
Dublin, Cork, Kilkenny, Limerick

77. Qual dos seguintes países não foi membro fundador da CEE?
Luxemburgo, Reino Unido, Bélgica, Holanda

78.  O protocolo de Quioto integrou também:
Convenção para a Protecção da Camada de Ozono, Convenção-Quadro das Nações Unidas para as Alterações Climática, Convenção sobre a Diversidade Biológica, outra

79. quem escreveu o livro “Volfrâmio”?

Aquilino Ribeiro, outros 3

80. O código binário da informática baseia-se em que números?

0 e 1, 1 e 2, 0 e 9, 1 e 9.

81. Onde teve lugar o massacre de Santa Cruz?

Timor-Leste, outras 3

82. O Padre Gabriel Malagrida, queimado no Rossio em 1761 era…? 

Dominicano, Franciscano, Jesuíta, Beneditino

83. O que é que receia alguém com agorafobia?

Aranhas, espaços abertos, outras 2
84. A Suíça não tem exército mas a guarda suíça protege?

Vaticano, outras 3

Anúncios

36 thoughts on “Prova de cultura geral para candidatos a diplomatas, parte dois

  1. gostava, por questões de curiosidade (do tipo, se me candidatasse, qual seria o meu resultado), de saber as respostas.
    em todo o caso, avanço algumas:
    1 – josé afonso
    7 – willy brandt
    16 – moçambicano
    22 – formação geológica do valoe do tejo
    26 – direitos das gentes
    28 – sado
    29 – 1973
    30 – virgem dos rochedos
    43 – sul-africano
    44 – frança
    46 – keynes
    47 – filadélfia
    50 – luxemburgo
    51 – vietname do norte
    52 – himalaias
    56 – cidade do méxico
    57 – guerra relampago
    58 – 1955
    60 – wilson
    61 – ventos
    63 – o labirinto da saudade
    66 – robben island
    70 – orwell
    71 – bordéus
    72 – presidente da a.g. das nações unidas
    75 – michigan
    76 – dublin
    81 – timor-leste

  2. Pingback: Só 44 sobreviveram à prova de cultura geral do MNE | O Informador

  3. “34. 4 nomes (entre os quais Machado de Assis), escolher 1 que tenha defendido a independência do brasil…”
    Penso que a pergunta era mais escolha um que tenha sido marcante para a independência do brasil, o que me confundiu bastante uma vez que tinha para além de Machado de Assim a hipótese Ruy Barbosa que para além de escritor foi co-autor da primeira constituição republicana brasileira assim como candidato à presidência da república… Qual será a resposta certa?? É uma pena o MNE não disponibilizar as perguntas e respectivas respostas .
    De qlq forma muito obrigada ao autor do texto pela preciosa ajuda.

  4. Pergunta que falta: “Poucas semanas após o terramoto de 1755, escreveu o “Poema sobre o Desastre de Lisboa”. Goethe, Rousseau, Voltaire, Montesquieu.

  5. Outra pergunta: Escreveu “Portugal. O mediterrâneo e o Atlântico” em 1945. respostas: Ilídio do Amaral, Jorge Gaspar, Ernesto de Oliveira, Orlando Ribeiro.

  6. Pergunta 33: quando é que o Plano Schlieffen foi usado, e não quando foi aprovado.
    Pergunta 53: as respostas eram Fernão Lopes, Padre António Vieira, Antero de Quental, Fernando Namora.
    Pergunta 69: Edgar P. Jacobs, Voltaire, e Piri Reis.

    Outra perguntas que faltavam:

    Na sua obra “Perigos” (1870) previu a importância futura dos Açores nas relações de Portugal com os EUA. Respostas possíveis: Oliveira Martins, Camilo Castelo Branco, João Andrade Corvo, Eça de Queirós.

    A Alemanha declarou a guerra a Portugal devido a: conflitos ocorridos em África, dívidas não saldadas, simpatia pela França, apreensão de navios mercantes alemães nos portos nacionais.

    Escreveu “O Dia dos Prodígios” e a “Costa dos Murmúrios”: Maria Velho da Costa, Lídia Jorge, Maria Teresa Horta, margarida Rebelo Pinto.

      • Não, não fui aprovada! Mas com tanta falta de transparência na identificação das provas, na sua correção, e na publicação dos resultados, espero que haja um número de interposições suficientes para anular esta prova, e quiçá este concurso….

      • Pode começar por pedir o acesso à correcção. Desta e da primeira. Para conseguir anular serão precisos argumentos/provas muito fortes. Elas existem?

      • 1 – A folha de rosto não foi separada da prova à frente dos candidatos, o que torna impossível dizer em que momento a folha que identificava o candidato ficou separada da prova: dez minutos depois, dez horas depois, ou no limite se chegou a haver lugar a tal separação
        2 – As folhas de prova não estavam devidamente identificadas e apenas estavam unidas por um agrafo, e podendo assim ocorrer a perda/troca de umas folhas por outras.
        3 – Os candidatos não assinaram folhas de presença, o que torna impossível provar que determinado candidato esteve efetivamente na sala e fez o teste.
        Estou a ver se me lembro de mais qualquer coisa…

      • Bom dia

        Não enviei e-mail porque não me lembrei de mais nada.

        Esperemos que o próximo concurso avalie as competências e a capacidade de trabalho dos candidatos (como faziam os psicotécnicos), e não a sua capacidade para engolir enciclopédias.

        Eu pensei imenso sobre o assunto e não quero ser diplomata. O trade off entre as dores de cabeça e o trabalho que se tem e as recompensas que se recebem não é muito convidativo – não sei se as pessoas têm a noção que se tem imensas responsabilidades, que se começa com um salário de +/-1.350 euros, que a progressão é lenta, e que nem sempre os diplomatas conseguem ser colocados no estrangeiro, que é onde estão sujeteitos a menos stress e onde são melhor remunerados.

        Fora as consequências familiares que a profissão acarreta.

        Boa sorte e continue com o bom trabalho com o blogue.

        Boa sorte com tudo, e obrigada pela partilha de experiências.

  7. Boa tarde,
    Outras perguntas do teste incluem:
    – Quem escreveu o poema sobre o terramoto de Lisboa? RE: Voltaire, Rousseau, outros.
    – Em que ano a Alemanha declarou guerra Portugal? 1914, 1915, 1916, 1917 (acho…)
    – Quem era descendente de judeus portugueses? Espinoza.

    • Lamento desapontá-la, mas não havia a pergunta “em que ano a Alemanha declarou guerra contra Portugal”, apenas se perguntava o porquê dessa declaração. Quanto à pergunta do Spinosa, creio que está a confundir com a primeira prova, aquela que foi anulada… nesta segunda prova apenas sedizia que a pessoa tinha vivido em Amestrerdão, e quando, e que tinha origem portuguesa.

  8. Viveu em Amesterdão no século XVII, e tinha origem portuguesa: Gassendi, Bayle, Mersenne, Espinosa.

    O iberismo monárquico da “Aliança Peninsular” foi defendido por: João do Amaral, Almada Negreiros, António Sardinha, Teixeira de Pascoais.

    A pergunta 73 está feita ao contrário, é “O Alto Representante da União não integra”. As respostas eram Comissão Europeia, Conselho dos Negócios Estrangeiros, Conselho Europeu e Parlamento Europeu. Em boa verdade esta pergunta está mal feita, uma vez que o Alto Repres não integra nem o Parlamento Europeu nem o Conselho Europeu (embora participe neste último).

    Qual destes países não fazia parte da União da Europa Ocidental aquando da sua fundação? Reino Unido, Alemanha, Fraça, Luxemburgo.

    Será que já temos as 90 perguntas?

  9. Como, nas últimas semanas, o concurso de ingresso na carreira diplomática tem despertado – e muito – a atenção dos leitores, decidi fazer uma experiência e abrir as portas de O Informador a todos os candidatos que queiram deixar a sua visão sobre este processo fora das caixas de comentários. Requisitos: o texto não pode ter mais de 3000 caracteres e deve abordar questões como as expectativas que os candidatos tinham ao candidatarem-se à carreira diplomática; os sacrifícios que fizeram para se prepararem para as provas de ingresso; o percurso profissional e a experiência que adquiriram anteriormente; a reacção à primeira prova de cultura geral, à sua anulação e depois à respectiva repetição; bem como as observações como as mesmas decorreram. No fundo, uma visão pessoal. No final, espero ter aqui uma amostra do talento desperdiçado por este exame e contribuir para o debate sobre a forma mais adequada de se avaliar a “cultura geral” de um candidato a diplomata. Claro que há aqui um enorme risco: ninguém participar. É algo que estou disposto a correr. Por uma questão de confidencialidade e protecção daqueles que passaram à fase seguinte e dos que pretendem candidatar-se no futuro, os textos poderão ser assinados com pseudónimo. O único requisito é eu conhecer a verdadeira identidade para garantir que não aparecem “infiltrados” a lançar a confusão. Se houver alguma dúvida, basta perguntar. Aguardo os vossos emails.

  10. Caro candidato,

    Apenas me chegou ao conhecimento esta página agora. Tenho conhecimento de pessoas que fizeram as duas provas que referiu e fico grato que alguém tenha divulgado o manancial de obscuridades a propósito das quais os candidatos foram inquiridos.

    Quer que lhe diga? Acho esta prova um insulto. Um insulto aos jovens portugueses qualificados e com mérito, onde parece que há uma imagem “comprovada” de 98% de analfabetos crónicos. Andam-se a formar excelentes licenciados em universidades reputadas no país para depois lhes sujeitarem a esta choldra.

    O concurso sendo aberto a todas as licenciaturas naturalmente Nunca deveria incidir sobre questões que penso que nem nos cursos de história são tratadas! Eu não tenho a obrigação de saber como D. Carlos resolvia passar o seu tempo, se a fazer desenhos “oceanográficos” ou a fornicar (sem ironias).

    Pior, acho mais grave ainda a falta de tratamento que os órgãos de comunicação social têm dado a esta questão. Isso é ainda pior. Acho que os jornalistas da RTP, da SIC e da TVI não têm estado a cumprir devidamente o seu papel e se quer que lhe diga, não percebo porquê naquele sábado, os jornais da noite não abriram com um escândalo “candidatos à carreira…. novamente inquiridos sobre obscuridades em teste americano”.

    Se isto passar na rádio e na televisão e DE FORMA CONTINUADA e NÃO EM 5 MINUTOS CORRIDOS E PA’ DESPACHAR, acho que esta prova há muito que teria sido anulada, e também iria-se saber quem foram os seus responsáveis. Um concelho pois: ligue para as televisões e não lhes deixe descansar enquanto a questão não for tratada em reportagem séria.

    Quando os portugueses verem isto à hora de comer a sopa, pensam duas vezes sobre se os 98% são verdadeiramente incultos e burros.

    Abraço e não esmoreça, o seu blogue não é muito conhecido. Utilize as redes sociais e relembro: televisões, televisões e televisões.

  11. Certo nesse caso substituo por “caro ntp”. Mas insisto, este assunto não pode ficar arrumado! Deve-se bombardear os media até eles perceberem que é pior para eles se resolverem continuar a ignorar a questão. É tão responsável quem faz a injustiça como quem a deixa passar! Há 2000 candidatos nessa questão portanto é descabido dizer que “não há interesse de ninguém”. Recolher testemunhos é uma coisa, fazer algo correcto com eles já é completamente diferente. Abraço. Ah e a próposito os escândalos no mne não são apenas no acesso à profissão (job for the boys), mas também – segundo fontes que conheço – nas promoções (promotions for the boys). Isto é assim há pelo menos uns 10-15 anos. E também é um facto que Até Hoje o trabalho das estações de televisão têm roçado a incompetência e desinteresse crónicos neste campo. É tempo de as censurar duramente.

    • Meu caro, nao me cabe censurar o trabalho dos meus colegas das televisões que, como os jornais, tem linhas editoriais soberanas. Posso alertar, como fiz neste caso, para incorrecções. Quanto a bombardear os media… Bom, faço parte deles. Abraço

  12. Fiquei estupfacta sem saber o que pensar. Li as perguntas e algumas são de tamanha facilidade que não acredito que qualquer licenciado não saiba a resposta. Outras, considero-as elementares para quem quer seguir esta carreira sem ter vergonha de o considerarem ignorante. Já li na Net tantos comentários (até a apelidar de dinossauros os que conhecem História de Portugal!) que, repito, não sei o que pensar! Não lamento que os comentários mais contundentes, chamemo-lhes assim, alguns até sem o mínimo de educação e respeito, sejam de quem reprovou: foi, de facto, bem excluído. Concordo que estando a concurso um lugar deste âmbito a primeira Prova, logo eliminatória, seja a de Cultura Geral. Não faria sentido se assim não fosse. Mas fico triste: pela ignorância, pelo azedume de quem perde e que denuncia mau carácter, pelas acusações graves e caluniosas acerca de quem passou à fase seguinte. Só desejo que quem for considerado apto para ocupar vaga a concurso não nos envergonhe, ao menos isso! Porque neste caso a ignorância é mesmo vergonha!

    • Bem, se essa prova é tão fácil assim, não sei porque não passaram mais (apenas 2 mulheres!!!!). Conheço pessoas que passariam essa prova sim… mas não sabem escrever Português como deve ser, nem falar em Inglês decente, não sabem inserir linhas numa tabela em Excel, nem fazer um simples copy-paste no Word, não sabem fazer pesquisas na internet, nem sequer utilizar uma fotocopiadora… Para além do conhecimento de História convém ter conhecimentos a nível operacional. E não me falem nas secretárias tratam dessas coisas, pois nem todos os diplomatas são assistidos por um secretariado decente…

    • Pergunto-me se não será amiga de alguém que tenha passado, e não esteja a tomar as suas dores, ou dar a aparência de que era tudo fácil para proteger alguém.. Ou se a sra. não é daquela geração onde não se estudava mais nada a não ser o passado – e que agora não sabe utilizar um telemóvel ou um computador.
      Seja como for, é muito fácil cantar de galo sobre experiências que não se vivenciaram.
      Se essa prova era tão fácil assim, não sei porque passaram tão poucos candidatos (dos quais apenas 2 mulheres!!!!). Conheço pessoas que passariam essa prova sim… mas não sabem escrever Português como deve ser, nem falar em Inglês decente, não sabem inserir linhas numa tabela em Excel, nem fazer um simples copy-paste no Word, não sabem fazer pesquisas na internet, nem sequer utilizar uma fotocopiadora… Para além do conhecimento de História convém ter conhecimentos a nível operacional. E não me falem nas secretárias tratam dessas coisas, pois nem todos os diplomatas são assistidos por um secretariado decente…

  13. São tipos destes que desprestigiam a carreira diplomática. Aposto que este tipo entrou pela cunha. Mas não tenho dúvida. Deve ter comprado o curso numa dessas universidades baratas. O resto foi por encomenda do partido/das jotas/de familiares ou genros bem colocados.

  14. Apenas por hoje ter tido conhecimento do conteudo destes comentarios, informo que a pessoa que assina como eurico daniel lagoa de matos está a usar uma identidade que nao é sua, e como tal, na melhor das hipoteses, é uma brincadeira de muito mau gosto.

  15. Apenas por hoje ter tido conhecimento do conteudo destes comentários, informa-se que a pessoa que assina como Eurico Daniel Lagoa de Matos está a usar uma identidade que não é sua, e, como tal, na melhor das hipóteses trata-se de uma brincadeira de muito mau gosto.

  16. Pingback: Os 13 posts mais lidos de 2013 | O Informador

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s