Os carrascos da presidente do Brasil (parte um)

Dilma Rousseff promoveu a investigação aos crimes cometidos durante a ditadura militar. Antiga militante de esquerda, a presidente do Brasil foi também ela uma das 50 mil vítimas de tortura do regime. Graças ao testemunho de um dos antigos membros dos esquadrões da morte – convertido em pastor evangélico – a Al Jazeera realizou uma grande investigação ao assunto. Esta é a primeira parte dessa reportagem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s