Ultrapassados pelos espanhóis

Há alguns anos, Portugal perdeu uma boa oportunidade de manter a presença norte-americana na base das Lajes: quando os Estados Unidos decidiram criar o US Africa Command (AFRICOM). Perante a inacção do governo de então, os norte-americanos acabaram por optar por Estugarda.

Agora, Portugal voltou a perder nova oportunidade de valorizar instalações: os Estados Unidos decidiram instalar na Península Ibérica uma força de reacção rápida para intervir imediatamente em caso emergência num país africano e a escolha recaiu… na base de Móron, em Espanha. Não foi nas Lajes. Nem em Beja – cuja ambição de receber uma escola de pilotos sul-coreanos foi recentemente por água abaixo. A instalação desta força de reacção rápida, mesmo que durante um ano, seria um investimento importante: envolve mais de 500 marines e oito aviões em permanência. Certamente que estimularia a economia local. Mas foi aqui para o lado. Mais uma vez, os espanhóis ultrapassaram-nos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s