Não foi um corte de cabelo. Foi mais tirar-lhes o escalpe

O ministro das Finanças garantiu que os depósitos dos portugueses estão seguros. No Chipre também estavam. Até ao dia em que, em troca de um resgate de 10 mil milhões de euros, a troika exigiu que as autoridades confiscassem parte dos depósitos bancários dos cipriotas. Na ilha, a medida é conhecida como o “corte de cabelo”. E, tal como muitos em Portugal, a população acredita que está a ser usada como uma espécie de cobaia. Se funcionar no Chipre, a medida resultará noutro local. Esta reportagem do canal australiano ABC mostra os efeitos da crise num país que até há pouco tempo tinha pleno emprego.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s