O ciber-crime é uma realidade. E combatê-lo custa dinheiro

A China já admitiu ter uma unidade do exército dedicada aos ciber-ataques. Ontem, o The Washington Post noticiou que hackers chineses acederam a dados sensíveis dos principais programas de defesa dos Estados Unidos. Na Europa, os governos começam a tomar medidas. Por cá, são poucos os que se dedicam a esta realidade. Um deles, o professor José Tribolet, já alertou várias vezes para a debilidade dos sistemas informáticos do Estado português. Já para não falar dos bancos, um alvo apetecível por todos os motivos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s