Al Qaeda: 25 anos de terror

Há exactamente 25 anos, Osama Bin Laden, Ayman Al-Zawahiri e Sayyed Imam Al-Sharif (conhecido por Dr. Fadl), reuniram-se em Peshawar, no Paquistão. Os três reuniam a riqueza de um saudita, a experiência de um islamista egípcio e os fundamentos filosóficos de um intelectual nascido no Cairo. Nessa reunião os três criaram aquilo que ficou conhecido como a Al Qaeda.

Teriam de passar quatro anos para o grupo realizar o seu primeiro ataque. Aos poucos, as ambições foram crescendo. Até atingirem o auge a 11 de Setembro de 2001. A partir de então a organização passou a ser considerada a maior ameaça à segurança mundial. Hoje é uma entidade difusa. Com a morte de Bin Laden, ficou sem uma liderança bem definida reconhecida por todas as células espalhadas pelo planeta que agem individualmente em nome de uma jihad global.

Há alguns anos, o The Guardian elaborou uma infografia que apresenta as cinco fases da Al Qaeda. Apesar de tudo, continua actual. Para ver, aqui.

bin

3 thoughts on “Al Qaeda: 25 anos de terror

  1. todos os revoltosos evocam motivos e razoes, nenhum desses motivos ou razoes justificam seus actos, os alquedas ou assasinos sao do piorio, usam a religiao, evocam a fe e aproveitam a egnorancia e o fanatismo dos outros pra satisfazerem seus eguismos pessoais, ca pra mim, eles querem ser populares, quem seria bin laden se nao fosse terrorista..? agora ta na lista dos mais famosos… deixou a marca. em minha opiniao Deus nao perdoara aquele que pelos seus actos criou o inferno, deixaram o inferno que o inferno os tenha…ampos.

  2. Sera o terrorismo, uma forma cobarde de pessoas ou organizacoes atingirem os seus objectivos? Para combater ditadores sanguinarios como Antonio Injai, a solucao do terrorismo, nao sera a ideal? Sera que as pessoas estao de acordo com a politica imperialista desenvolvida pelas grandes nacoes, mantendo os paises do terceiro mundo, sob total controlo, impondo-nos as suas vontades. Porque motivo houve intervencao rapida das nacoes ocidentais no iraque, libia, e nao na siria. Sera que a primavera arabe, teria sucesso se as nacoes ocidentais nao estivessem de acordo?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s