Nelson Mandela: Portugal, o voto contra e o voto a favor da libertação na ONU

Daniel Oliveira diz a verdade: em 1987, Portugal, então liderado por Cavaco Silva, foi um dos três países (juntamente com os Estados Unidos e o Reino Unido) que votaram contra uma resolução da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) que incluía um apelo à libertação de Nelson Mandela.

No entanto, o cronista do Expresso – que já tenho elogiado – não diz a verdade toda: não diz que essa mesma resolução da ONU continha um ponto em que legitimava a luta armada e não diz que, no mesmo dia, Portugal votou a favor de uma outra resolução que apelava à libertação de Nelson Mandela.

Como recordou aqui o David Crisóstomo, nessa sessão foram postas a votação sete resoluções relacionadas com o regime do Apartheid. Uma outra foi aprovada sem votação. Portugal aprovou uma, absteve-se em três e votou contra outras três.

Por isso, sim, a diplomacia portuguesa votou contra uma resolução que pedia a libertação de Nelson Mendela e também votou a favor de uma resolução que apelava à libertação de Nelson Mandela. No mesmo dia. No mesmo local. Para quem tiver curiosidade em conhecer as diferenças das propostas, basta clicar aqui.

Actualização: parece que o Palácio de Belém sentiu necessidade de se justificar.

nelson_mandela_return_to_cell

2 thoughts on “Nelson Mandela: Portugal, o voto contra e o voto a favor da libertação na ONU

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s