Espionagem informática: a versão da NSA

Entre a comunidade de informações dos Estados Unidos a National Security Agency (NSA) é também conhecida por outro nome: Never Say Anything (nunca dizer nada). No entanto, perante as sucessivas revelações feitas pela imprensa a partir dos documentos cedidos por Edward Snowden, a agência decidiu mudar a sua política de silêncio e deu ao programa 60 Minutes acesso às suas instalações. O jornalista John Miller – que começa por dizer que já trabalhou num gabonete governamental na área das informações – pôde falar com funcionários e analistas que explicam até como os metadados dos telemóveis são usados para identificar potenciais terroristas. Na primeira parte deste programa os responsáveis da NSA defendem os seus programas de espionagem, garantem que cumprem escrupulosamente a lei e revelam que Edward Snowden tem em mãos um milhão e meio de documentos confidenciais – incluíndo 31 mil sobre o Irão e a China que lhes permitiria proteger-se da espionagem norte-americana.

One thought on “Espionagem informática: a versão da NSA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s