Um país de violadores

As estatísticas dizem que Portugal é um dos países mais pacíficos e seguros do mundo. Ainda assim, temos a nossa dose de criminalidade. É por isso que, todos os dias, recebemos nas redacções dezenas de comunicados da Polícia Judiciária, Polícia de Segurança Pública, Guarda Nacional Republicana e Serviço de Estrangeiros e Fronteiras – cada um dentro das respectivas competências de investigação criminal. Todos dizem respeito a uma detenção, uma operação, uma organização criminosa mais ou menos complexa desmantelada. E bem. Mas nos últimos tempos têm saltado à vista os crimes sexuais. Só hoje, por exemplo, dos cinco comunicados feitos pela  PJ, três dizem respeito a detenções pela prática de crimes de abuso sexual de menores. Na última semana foi assim

8 de Agosto

  • “A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal, deteve um homem pela presumível prática de crimes de abuso sexual de menor”
  • “Foram detidos dois homens e uma mulher fortemente indiciados pela prática de crimes de abuso sexual de criança e lenocínio de menor, em Felgueiras”.
  • “A Polícia Judiciária, através da Directoria do Centro, identificou e deteve um homem, pela presumível prática, reiterada, de vários crimes de abuso sexual de crianças e de vários crimes de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência, de que foi vítima uma menor, actualmente com 15 anos”.

7 de Agosto

  • “A Polícia Judiciária, através da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, identificou e deteve um homem pela presumível autoria de crime de abuso sexual de crianças.
  • “A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Braga, identificou e deteve um homem que, ao longo de vários anos, abusou sexualmente de uma criança, então com 11 anos de idade, sendo também suspeito de, recentemente, tendo a menor já 16 anos, ter voltado a cometer atos sexuais com a mesma, factos ocorridos, respectivamente, em V. N. de Famalicão e em Ponte da Barca.”

5 de Agosto

  • “Foi detido um homem fortemente indiciado pela prática de crime de abuso sexual de uma criança, em Freixo de Espada à Cinta.”

4 de Agosto

  • “A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, identificou e deteve um homem que, durante quatro meses, na sua residência, abusou sexualmente de uma menor, de 12 anos de idade, sua familiar próxima.”

1 de Agosto (ao fim-de-semana, não há comunicados)

  • “A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, com a colaboração da GNR de Viseu, identificou e deteve um homem pela presumível autoria de um crime de violação, de que foi vítima uma menor, com 14 anos de idade.”

A 31 de Dezembro de 2013, havia 266 pessoas presas por abuso sexual de menores e 207 por violação, num total de 11.692 detidos. Esta semana houve oito casos. O que dá uma média superior a um por dia. Pode ter sido uma semana má (na anterior houve mais dois casos e na que a antecedeu três). Mas é sinal que há muita gente doente por aí.

ng3087597

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s