O Estado Islâmico e as mulheres Yazidis: casamentos forçados e escravatura

No mais recente número da revista Dabiq, o Estado Islâmico publica um artigo onde admite pela primeira vez ter escravizado e forçado mulheres Yazidis a casar com militantes do grupo terrorista. O artigo chama-se “The Revival of Slavery” e, na prática, confirma um relatório da Human Rights Watch elaborado com base em testemunhos de mulheres que conseguiram escapar e de familiares de prisioneiras.  

One thought on “O Estado Islâmico e as mulheres Yazidis: casamentos forçados e escravatura

  1. Pingback: O Estado Islâmico e as mulheres Yazidis - PINN

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s