A dimensão da guerra contra o Estado Islâmico

A coligação internacional contra o Estado Islâmico já lançou dois ataques aéreos por hora em mais de 450 dias. Parece muito? Vejam a comparação com o que aconteceu na Sérvia, no Iraque e na II Guerra Mundial. Pois

Queremos ser lembrados como covardes xenófobos ricos, que se escondem atrás de cercas?

Também me parece que não. É hora de a Europa começar a agir como uma verdadeira União e de os políticos enfrentarem os problemas em vez de agirem como covardes que disparam sobre pessoas indefesas.

E foi assim que tudo começou… e acabou

Olhem à volta. Olhem uns para os outros

Vejam e depois partilhem no Facebook.

O fim do mundo não está assim tão próximo

Excepto no caso de um holocausto nuclear.

Ébola: como se espalha e como ele mata

Há algum tempo partilhei aqui uma animação vídeo da CNN sobre o ébola. Esta, do The Guardian, é ainda mais completa.

Estaremos a viver a época mais pacífica da história? Provavelmente sim.

Guerra civil na Síria e no Iraque. Conflito armado na Ucrânia. Combate ao tráfico de droga no México. Guerra civil na República Centro Africana. Bombardeamentos com drones no Paquistão, Afeganistão e Iémen. Caos na Líbia e no Egipto. Conflitos insanáveis no Sudão. Ataques terroristas na Nigéria. Intervenções no Mali. Parece que vivemos numa época de guerra. Certo? Errado. Na realidade, ao contrário do que parece, esta é a época mais pacífica da história da humanidade – onde morrem cada vez menos pessoas em conflitos armados. Não é possível? É. Vejam o vídeo.