A aventura de Francis

O locutor do programa de rádio This American Life, Ira Glass, pediu a seis escritores norte-americanos para criarem um conto sobre aventuras. Um deles, de Dave Eggars, foi lido em directo e recebeu excelentes criticas. Tanto que o realizador Richard Hickey decidiu transformá-la numa curta de animação. O resultado foi Francis, um filme exibido nos festivais de cinema de Cannes e Raindance.

Richard Hickey – Francis from Not To Scale on Vimeo.

A história da tipografia

Hoje, uma coisa completamente diferente: uma curta animada com a história da tipografia (sim, os estilos que vocês escolhem nos vossos ficheiros word). São 291 letras e o resultado de 140 horas de trabalho. Parece uma seca? Vejam, que vale a pena.

A rapariga que encontrou a mãe biológica pelo Facebook

Quando era adolescente, Tré Miller Rodriguez deu a sua filha para adopção. Seguiu-a à distância através das fotos que os pais adoptivos da rapariga lhe enviavam. Até ao dia em que, há quatro anos, uma jovem rapariga lhe pediu amizade pelo Facebook. Aceitou. Quando ela meteu conversa e viu as suas fotografias, não teve dúvidas: era a sua filha de 17 anos. Falaram. Primeiro por chat, depois ao telefone. Encontraram-se pessoalmente. E descobriram-se numa fase difícil da vida da escritora: o seu marido (que não era o pai da adolescente) tinha morrido recentemente. Na mesma altura em que perdeu o amor da sua vida, Tré Miller Rodrigues ganhou a filha que tinha tido há anos, fruto de uma paixão adolescente. A história, contada pela própria, foi publicada no The New York Times. Com uma animação digna desse nome a acompanhá-la.

A economia explicada por quem a domina

Querem perceber como funciona a economia mundial? Vejam este vídeo do economista e fundador da firma de investimento Bridgewater, Ray Dalio, que no ano passado esteve na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo da revista Time. São 30 minutos bem empregues.

Um oceano sem vida em 2048

Durante cinco meses um grupo de 32 animadores internacionais trabalharam voluntariamente no projecto de animação da ONG The Black Fish, que chama a atenção para os problemas que os oceanos enfrentam. O resultado foi o filme de animação em 3D, “Losing Nemo”, que revela factos assustadores: desde 1950, 90% dos peixes de grande porte desapareceram; 40% do peixe capturado é classificado com lixo e despejado no mar; os oceanos estarão vazios em 2048. .

Losing Nemo from Fran Marquez on Vimeo.

A guerra na Síria explicada num vídeo de cinco minutos

Em Março de 2011, a população da Síria seguiu o exemplo de outros países árabes e saiu à rua a exigir reformas democráticas. O governo respondeu com a força. Ao longo de dois anos, a guerra civil já provocou mais de 60 mil mortos. Foram usadas armas químicas. O Irão enviou armamento para as forças de Bashar Al Assad. Os EUA e a União Europeia decidiram armar os rebeldes para defesa das populações. Mas o conflito assenta em décadas de divisões, fracturas e no alicerçar da sociedade síria numa franja da população. A Animated Press decidiu explicar as origens desta guerra e o que pode estar em causa, num vídeo de cinco minutos. O resultado é incrível. 

Isto é jornalismo: tornar compreensíveis a todos os assuntos mais complexos

O The Guardian já nos habituou à elevada qualidade dos seus trabalhos multimédia. É o caso deste guia animado sobre as facilidades que a evolução da tecnologia nos trará em matéria de pesquisas online – mas também sobre os perigos da disponibilização de informação pessoal nas redes sociais. Uma coisa é certa: gostava de ver este tipo de animação feita em Portugal.