Para a história: o Conselho de Segurança escolhe António Guterres como Secretário-Geral da ONU

//platform.twitter.com/widgets.js

Conselho de Segurança discute a situação na Guiné-Bissau

Está lá tudo: execuções sumárias, perseguições políticas, tráfico de droga internacional, corrupção nas forças armadas e de segurança, deterioração da situação social e de saúde, ameaças à liberdade de expressão e de imprensa. O relatório do secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, sobre a Guiné-Bissau vai ser discutido amanhã no Conselho de Segurança. Vamos ver o que sai do debate, para além de novas sanções. Até lá, ficam aqui as 13 páginas do documento.