O fim do mundo não está assim tão próximo

Excepto no caso de um holocausto nuclear.

A paz nuclear

Numa visita recente ao submarino nuclear norte-americano Nautilus, exposto no museu da marinha norte-americana em New London, recordaram-me de um termo frequente nas aulas de Relações Internacionais: dissuasão nuclear. Ou seja, a ameaça de uma represália que não permita ao agressor sobreviver a uma eventual agressão. Algo que nos levou a isto.

Out of Control

A onda invisível de Fukushima

Quase três anos após o terramoto e o tsunami que provocou o desastre nuclear de Fukushima, a Al Jazeera regressou à localidade japonesa para tentar perceber quais os efeitos de longo prazo do incidente. O principal receio é o de uma nova onda gigante que ameaça sobretudo as crianças: o cancro na tiróide.

Desastre nuclear? O próximo pode ser em Taiwan

Há 30 anos, foi instalado em Taiwan um depósito de resíduos nucleares. O problema? Para além do impacto ambiental, os habitantes julgaram que no local ia ser construída uma fábrica de conservas. Para piorar a situação, Taiwan fica numa das regiões mais propensas a terramotos. Agora, após o desastre de Fukushima, os locais receiam que os milhares de barris que há anos estão a degradar-se possam contaminar o subsolo e as zonas piscatórias. Se pensavam que o caso não podia piorar mais, desenganem-se: Taiwan já tem três centrais nucleares e o governo está a construir uma quarta a poucos quilómetros de uma falha sísmica activa e a oito da capital. O programa 101 East, da Al Jazeera, conta a história.