O vídeo do “regresso a casa”

O meu regresso à SIC Notícias, como contei aqui, agora em vídeo.

Micro revista de imprensa

Foi a manchete de hoje do Diário de Notícias: um cidadão português foi detido na passada quarta-feira, em Londres, quando se preparava para embarcar no aeroporto de Gatwick, rumo a Damasco, por suspeitas de envolvimento num grupo terrorista que raptou dois jornalistas na Síria, em Julho de 2012. A notícia, assinada pela Valentina Marcelino, está sustentada: para além da fonte oficial da unidade de contraterrorismo da polícia britânica, o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Miguel Guedes, confirmou que o Palácio das Necessidades está a acompanhar o caso e a tentar identificar o suspeito que terá 33 anos e será natural de uma das ex-colónias portuguesas.

fotografia

 

Nota: a micro revista de imprensa destaca diariamente um artigo publicado nos jornais e revistas portugueses. Pode ser uma notícia, uma reportagem, uma entrevista ou uma crónica. Pode ter várias páginas ou ocupar uma coluna. O critério é sempre o mesmo: importância, interesse e qualidade. 

Micro revista de imprensa

Há quem diga que para sabermos o que o futuro nos reserva, ao abrigo do programa de ajustamento da troika, basta-nos olhar para o que se passa na Grécia. E as notícias que de lá chegam não são animadoras. Hoje, no Público (só para assinantes), a Maria João Guimarães conta que, sem dinheiro para electricidade e gasolina, os gregos começaram a queimar tudo o que podem para não morrerem de frio. As árvores estão a desaparecer dos parques e florestas, os livros são tirados das estantes e atirados para as fogueiras, móveis lacados são desmontados e queimados em fogões. A consequência é uma nuvem de fumo a cobrir as cidades e, em Atenas, a poluição chegou a ser três vezes superior ao nível de perigo definido pela União Europeia.

publico

Nota: a micro revista de imprensa destaca diariamente um artigo publicado nos jornais e revistas portugueses. Pode ser uma notícia, uma reportagem, uma entrevista ou uma crónica. Pode ter várias páginas ou ocupar uma coluna. O critério é sempre o mesmo: importância, interesse e qualidade.

Micro revista de imprensa diária

Aviso: este post é o primeiro de uma série que, se tudo correr bem, só terá fim quando os jornais e as revistas acabarem em papel. Todos os dias – e sempre que for possível –, O Informador vai destacar um artigo da imprensa portuguesa. Pode ser uma notícia, uma reportagem, uma entrevista ou uma crónica. O critério será variável. Não tem de ser sobre a questão que faz manchetes ou abre telejornais. Mas terá de ser importante – e interessante.

É o caso do texto assinado pela Catarina Falcão nas páginas 26 e 27 do i, sobre o site Casa Comum, uma iniciativa da Fundação Mário Soares (FMS) para agregar numa plataforma online e disponível a todos mais de um milhão e meio de documentos, fotografias, vídeos e ficheiros audio sobre Portugal e os países lusófonos. Para além dos arquivos da própria FMS, já estão online documentos oriundos de Timor, Cabo Verde, Guiné Bissau São Tomé e Principe – e a base de dados não pára de aumentar. No site, a Casa Comum apresenta-se assim:

“Concebido como um projeto de salvaguarda, tratamento e disponibilização pública de documentação histórica relevante, desde o início que a vertente digital foi um elemento fulcral deste projecto – basta atentar em que, logo em 1997, foram colocados acessíveis na internet numerosos documentos e, desde aí, não cessou de crescer essa componente de serviço público.
Hoje, volvidos cerca de 16 anos, chegou o momento de abrir na internet uma nova plataforma, que congrega fundos documentais de diferentes instituições e países e permite o seu cruzamento, abrindo acrescidas oportunidades ao público em geral e aos investigadores.
Trata-se de uma plataforma em língua portuguesa, especialmente vocacionada para servir instituições dos países da CPLP e que, estamos em crer, pode abrir novas e profícuas perspetivas de desenvolvimento dos trabalhos de preservação da Memória Histórica nos nossos países, solidificando as ações de cooperação entretanto desenvolvidas.”

Eis a primeira notícia da micro revista de imprensa de O Informador.

IMG_7234